domingo, 30 de agosto de 2009

Em construção

Sabe aquele sentimento bom... despretensioso?

Aquele sentimento de segurança num mundo de impossibilidades?

Um sentimento tão leve que chega a dar a impressão de fragilidade...


É bonito falar sobre sentimentos bons. Eu mesma por diversas vezes já conversei, opinei e discordei sem titubear sobre sentimentos que têm o poder de abalar estruturas.

Mas de que vale o conhecimento teórico? Dar opiniões sobre coisas das quais não se sentiu na pele é puro moralismo, e os moralistas são pobres coitados que não sabem dar valor às pequenas (grandes) coisas da vida e acabam querendo frustrar sonhos alheios.


Continua...

2 comentários:

julio disse...

Pois é...como legislar sobre algo que vc não conhece? Gostei de suas "palavrinhas". A teoria facilmente é esquecida ao passo que a prática penetra em nosso ser. Se opiniões deferidas sobre fatos não vividos tivessem tanto valor, os consultórios de psicanálise não estariam abarrotados de pacientes.
Nem li teu texto todo mas...a parte que li, concordo.

Julie disse...

Não continua mais...